Notícias

Empresa desenvolve etanol à base de soja

  • 16 de Oct

A Caramuru, uma empresa brasileira de processamento de grãos, desenvolveu uma variante do biocombustível etanol à partir da soja. A empresa pretende investir cerca de 115 milhões para a ampliação de seu complexo industrial em Sorriso, no Mato Grosso, para a produção de etanol hidratado a partir da soja e também para o processamento de lecitina.

O complexo terá a capacidade anual de 6,8 milhões de litros de etanol e 3 mil toneladas de lecitina. De acordo com César Borges de Sousa, vice-presidente da Caramuru, o projeto tem o objetivo de agregar valor à produção da empresa e também abrir novas oportunidades de negócios para os produtores de Mato Grosso.

O projeto é uma iniciativa inédita e os investimentos devem gerar dezenas de empregos diretos e indiretos na região. Além de combustível, o etanol hidratado também pode ser utilizado para a fabricação de perfumes, materiais de limpeza, solventes e tintas.

 

E se você quer saber como identificar e acabar com as principais pragas da soja, basta clicar aqui e se tornar um Mestre do Manejo!

 

Veja também:

Tecnologias Favorecem o manejo da irrigação

Manejo inteligente de irrigação

A eficiência dos agentes biológicos no controle das pragas da soja

 

Fonte:
Revista Globo Rural

Ver todas Notícias

Recomendo

DICA K – ...

O tripes ou Caliothrips brasiliensis é um inseto silencioso que ataca as lavouras de soja, feijão, algodão e diversas outras culturas. Estima-se que no mundo existem cerca de 10 mil espécies de tripes, porém, no Brasil calcula-se que existam cerca de duas mil espécies.

Dica K: Manejo de ...

Hoje a Dica K vai dar prosseguimento ao assunto abordado na última sexta-feira (26), o manejo de plantas daninhas. Hoje vamos falar sobre o manejo de plantas daninhas em três das principais culturas: o milho, o feijão e o algodão. Mas antes, vamos rever o último Minuto K? Basta clicar no link aqui