Notícias

Manejo inteligente de irrigação

  • 26 de Jun

O manejo de irrigação costuma ser um desafio para os produtores rurais. O manejo deve ser cuidadoso para fornecer o volume de água necessário para o desenvolvimento das culturas, mas também garantir economia de água e de energia elétrica.

O pacote tecnológico que o produtor vai adotar para irrigação deve ser específico para áreas irrigadas para garantir o maior retorno produtivo. Esse pacote deve considerar variedades específicas, espaçamentos, adubação, tratos fitossanitários, janelas de plantio e o gerenciamento da irrigação.

O manejo deve considerar a fase fenológica e sanidade do cultivo, clima local, variações do solo, processos de fertirrigação e quimigação e custos variáveis de energia elétrica. Para garantir a eficiência do equipamento, não se pode descuidar da manutenção dos pivôs.

Para garantir uma boa irrigação é necessário estar atento às seguintes variáveis:

  • Conhecimento em nível físico hídrico do solo e da sua capacidade de retenção e armazenamento de água.
  • Conhecimento da autonomia do equipamento e se o mesmo está otimizado e com eficiência de aplicação adequada.
  • Conhecimento do clima local e da demanda evapotranspirometrica.
  • Conhecimento das fases do cultivo para adequação do consumo de água.

 

Fonte: Successfull Farming

Ver todas Notícias

Recomendo

DICA K – ...

O tripes ou Caliothrips brasiliensis é um inseto silencioso que ataca as lavouras de soja, feijão, algodão e diversas outras culturas. Estima-se que no mundo existem cerca de 10 mil espécies de tripes, porém, no Brasil calcula-se que existam cerca de duas mil espécies.

Dica K: Manejo de ...

Hoje a Dica K vai dar prosseguimento ao assunto abordado na última sexta-feira (26), o manejo de plantas daninhas. Hoje vamos falar sobre o manejo de plantas daninhas em três das principais culturas: o milho, o feijão e o algodão. Mas antes, vamos rever o último Minuto K? Basta clicar no link aqui