Notícias

Tecnologias favorecem o manejo da irrigação

  • 25 de Sep

Nos últimos anos houve um expressivo aumento das áreas irrigadas no Brasil. Vários motivos ajudam a explicar esse avanço, entre eles estão as linhas de financiamento específicas para irrigação e principalmente o reconhecimento do produtor sobre os inúmeros benefícios que a irrigação traz.

Dentre os equipamentos utilizados para irrigação o uso do pivô central tem recebido grande destaque. O que mais chama a atenção é que a expansão da agricultura irrigada está sendo feita também com a introdução de novas tecnologias, algumas já utilizadas ao redor no mundo.

As novas tecnologias têm mudado a realidade do irrigante brasileiro, pois fornecem comodidade, gerenciamento de recursos humanos e financeiros além de prover uma melhora na utilização dos recursos naturais.

As tecnologias de irrigação não se restringem ao gerenciamento, elas estão presentes na conservação do solo, manejo do uso da água, emissores eficientes e bombeamentos inteligentes.

Cada vez mais comuns nos pivôs brasileiros, os emissores rotativos com altos coeficientes de uniformidade trazem aos produtores mais benefícios na utilização desses emissores rotativos. Inclusive vários já vem progressivamente substituindo os emissores antigos por esses novos.

Os recursos estão cada dia mais escassos e consequentemente caros. Diante disso, outra tecnologia que vem ganhando destaque é a do uso de bombeamentos inteligentes, onde um dos principais componentes é o inversor de frequência. Já é comum ver no Brasil projetos que utilizam essa tecnologia.

Também com foco na gestão do uso da água, energia e na busca pelo melhor rendimento das culturas, o manejo da irrigação está fazendo parte do dia a dia do produtor. O grande interesse dos produtores e a vasta quantidade de informações têm mostrado ao produtor a grande valia de se ter um sistema de manejo de irrigação.

 

E se você quer saber como identificar e acabar com as principais pragas da soja, basta clicar aqui e se tornar um Mestre do Manejo!

 

Veja também:

 

Manejo inteligente de irrigação

A eficiência dos agentes biológicos no controle das pragas da soja

 

Fonte: Revista Agro Campo

Ver todas Notícias

Recomendo

DICA K – ...

O tripes ou Caliothrips brasiliensis é um inseto silencioso que ataca as lavouras de soja, feijão, algodão e diversas outras culturas. Estima-se que no mundo existem cerca de 10 mil espécies de tripes, porém, no Brasil calcula-se que existam cerca de duas mil espécies.

Dica K: Manejo de ...

Hoje a Dica K vai dar prosseguimento ao assunto abordado na última sexta-feira (26), o manejo de plantas daninhas. Hoje vamos falar sobre o manejo de plantas daninhas em três das principais culturas: o milho, o feijão e o algodão. Mas antes, vamos rever o último Minuto K? Basta clicar no link aqui