Notícias

Nova rota de exportação para o algodão baiano

  • 14 de Nov

A Abapa (Associação Baiana dos Produtores de Algodão) recebeu uma visita técnica de um grupo que estuda a viabilidade para implementar uma nova rota de exportação do algodão baiano para os países da Ásia, especialmente a China, através de um porto no nordeste do Brasil.

O grupo formado pelas empresas Star Logística, Suzuyo Gerenciamento Logístico, Alfatrans, Transparana e CMA/CGM do Brasil, se reuniu para viabilizar essa rota.

De acordo com Érika Murata, diretora comercial da Suzuyo Gerenciamento Logístico “este é um estudo inicial de um novo modelo de exportação do algodão baiano para a Ásia e a China, com a possibilidade de otimizar a logística e reduzir os custos de operação. A ideia é conhecer como funciona o mercado e as condições de armazenamento, transporte e escoamento do produto para criar também uma operação atrativa financeiramente para os produtores baianos.”

A gerente de desenvolvimento de negócios da CMA/CGM, Adeline Bellion afirmou que os representantes ficaram impressionados com a estrutura e os detalhes da venda do algodão. No estudo prévio, iremos entender também a capacidade de exportação para montar uma estrutura em um porto do Nordeste e disponibilizar navios para levar o produto até a Ásia, concluiu Adeline.

A Abapa está desenvolvendo um trabalho para estabelecer alternativas aos produtores como forma de reduzir custo em logística. O representante da diretoria da Abapa, Marcelo Kappes afirmou que a entidade está aberta para as empresas que queiram investir no setor.

 

Fonte: Grupo Cultivar

Ver todas Notícias

Recomendo

Combate a ervas daninhas

Lavoura de milho: ...

Grande parte das lavouras do país estão em estado emergente, fase ideal para aplicação de herbicidas e para combater a infestação de espécies daninhas. O objetivo é garantir a produtividade da cultura, evitando fatores que podem ser prejudiciais no futuro. Separamos algumas dicas de manejo para

Combate a ervas daninhas

A importância do ...

A produtividade da soja no Brasil tem se superado nos últimos anos, e os índices registram um aumento médio de mais de 1200 kg ha-1. E em algumas regiões os rendimentos médios chegaram a 3000 kg ha-1, e alguns grupos de agricultores registraram médias acima de 4400 kg ha-1 atingindo até 6500 kg