Notícias

Reflexo no inverno no plantio de cada região

  • 08 de Jul

Dados do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) indicam que o fenômeno do El Niño, responsável pelo aquecimento das águas do Oceano Pacífico, deve se estender durante o inverno. Nessa estação, quase todas as ondas de frio vão ser desviadas para o oceano, ocasionando temperaturas acima da média.

Os dias de frio intenso, por sua vez, deverão ser raros. O destaque está no mês de julho, que tem duas frentes frias esperadas e que devem avançar sobre o Brasil. O fim do inverno, nos meses de agosto e setembro, deve ser pouco frio e sem geadas fortes na região Sudeste.

 

Na região Sul, o alerta está nas chuvas, que ocorrerão acima da média. A frequência de frentes frias também deve contribuir para maiores variações nas temperaturas ao longo dos meses de julho e setembro. No sul do Rio Grande do Sul e leste de Santa Catarina o inverno deve ocorrer dentro da normalidade, com temperaturas mínimas chegando a 0°C nas áreas serranas.

O Centro-Oeste, neste período, deve enfrentar a diminuição da umidade relativa do ar, com valores diários que podem ficar abaixo de 30% e picos mínimos abaixo de 20%. A temperatura também deve ficar acima da média, devido à permanência de massas de ar seco e quente.

 

A região Norte também deve ter temperaturas acima da média. Aliado a isso, os produtores nordestinos enfrentarão falta de chuvas e baixa umidade relativa do ar. Já o Nordeste terá predomínio de áreas com maior probabilidade de chuvas dentro ou abaixo da climatologia e temperaturas fora da média.

 

Preparado para o inverno? Continue acompanhando o blog da Kasuya e tenha sempre em primeira mão as novidades e previsões para o clima nessa estação.

 

FONTE

https://www.agrolink.com.br/noticias/inverno-tera-poucos-dias-com-frio-intenso_421319.html?utm_source=agrolink-clipping&utm_medium=email&utm_campaign=clipping_edicao_6436&utm_content=noticia&ib=y

http://www.inmet.gov.br/portal/index.php?r=noticia/visualizarNoticia&id=152

Ver todas Notícias

Recomendo

Marco histórico ...

A Anvisa aprovou, em julho deste ano, o novo marco regulatório para os agrotóxicos, que atualiza os critérios de avaliação e classificação toxicológica dos produtos no Brasil. A medida foi proposta com base nos padrões internacionais de classificação e rotulagem de produtos químicos e deve ser

Soja deve ...

No primeiro semestre desse ano, o Produto Interno Bruto (PIB) do Rio Grande do Sul registrou um aumento de 0,9% em relação ao mesmo período do ano passado. De acordo com a Secretaria de Planejamento, Orçamento e Gestão do Estado, o resultado está relacionado aos avanços na atividade industrial e